Fale conosco:
41 3779-2014

A família e a escola são dois dos núcleos sociais mais importantes da vida de uma criança, e a união entre esses dois mundos é fundamental para o desenvolvimento integral dos alunos. Continue a leitura para saber mais sobre a importância da parceria entre família e escola na fase de educação infantil:

Demonstração de amor

A parceria entre família e escola na educação infantil é uma oportunidade de fortalecer a conexão entre pais, mães e filhos. Ao estarem envolvidos no processo educativo, os pais demonstram interesse, apoio e carinho por seus filhos, criando um ambiente afetivo, no qual as crianças se sentem seguras e amadas, sabendo que têm tanto o suporte de sua família quanto o de seus professores.

Vale a pena lembrar que essa demonstração de amor e afeto precisa envolver uma participação realmente ativa dos pais no processo educativo, participando de reuniões, eventos, atividades e até mesmo a contribuindo com ideias e sugestões para melhorar o ambiente escolar. É essa participação realmente ativa dos pais na vida escolar de seus filhos, que os torna parceiros ativos na formação das crianças.

Consistência no aprendizado

Quando família e escola trabalham juntas, é possível criar uma consistência na educação da criança. Valores, limites e regras são reforçados tanto em casa quanto na escola, garantindo uma base sólida para o desenvolvimento dos alunos. Essa continuidade é fundamental para que as crianças entendam o que é esperado delas e possam se adaptar melhor aos diferentes ambientes em que estão inseridas.

Além das crianças, os pais e educadores também aprendem muito durante essa parceria. Essa troca de saberes e experiências enriquece o processo educativo, criando uma rede de apoio e crescimento mútuo. Afinal, cada família é única, com seus valores, tradições e formas de ver o mundo, assim como cada educador possui conhecimentos e experiências que podem ser muito úteis para os pais no dia a dia.

Escola cristã em Curitiba

É por estes e outros motivos que, aqui na Escola CEC, prezamos pela parceria entre escola e família. Pois sabemos que todos os envolvidos irão se beneficiar dessa maneira de trabalhar, especialmente as crianças. Entre em contato conosco para saber mais!

A escolha de matricular seu filho em uma escola confessional deve ter a ver com os valores que a família deseja passar para a criança desde cedo. Continue a leitura para saber mais sobre qual é a importância de um colégio cristão para crianças:

Educação baseada em valores

Um colégio cristão tem como principal diferencial a enfatização da importância dos valores ensinados por Jesus, como o amor, a compaixão, honestidade, justiça e respeito. Esses valores, que são fundamentais para a fé cristã, são também muito importantes para o desenvolvimento de um adulto que só oferece contribuições boas para sua comunidade, familiares e amigos. Nas escolas cristãs, a transmissão desses princípios acontece diariamente e o impacto positivo desse ensino é visível na vida dos alunos não apenas no futuro, mas também no dia a dia.

Comunidade de fé

Conviver com outras crianças e famílias que compartilham da mesma fé é uma oportunidade incrível para a criação de uma rede de apoio, onde todos conseguem se sentir confortáveis para expressar e compartilhar sua fé, além de criar laços que podem durar para a vida toda. E esse é mais um dos benefícios de optar por matricular seu filho em um colégio cristão. Poder construir essa rede e se sentir inserido em uma comunidade que vive situações parecidas e ao mesmo tempo compartilha dos mesmos princípios e valores.

Integração entre fé e educação

Em uma escola cristã, os alunos são encorajados a ver o mundo através da lente da fé, aplicando princípios bíblicos em todas as áreas da sua vida. Esse encorajamento acontece através da integração entre fé e educação, que andam juntas em todas as áreas do currículo acadêmico. Dessa maneira, a criança está sempre inserida em um ambiente que a ajuda em sua caminhada de desenvolvimento espiritual desde os primeiros anos de sua vida.

Desenvolvimento espiritual

Um colégio cristão se preocupa muito além de apenas preparar os alunos para o mercado de trabalho no futuro. Em instituições como a Escola CEC, nos preocupamos com o desenvolvimento integral de nossos alunos, que devem crescer em conhecimento e estatura, mas também em sabedoria e graça.

Sabemos que a inclusão deve ser aplicada em todos os setores da sociedade, começando na educação, e para garantir que ela seja realizada de maneira realmente efetiva para todos os alunos, é importante que as escolas adotem algumas estratégias no dia a dia escolar. Continue a leitura para conferir alguns exemplos de estratégias para acolher a diversidade e garantir acesso à educação de todas as crianças:

Valorização da diversidade

Primeiramente, é fundamental ter a compreensão de que a diversidade deve não apenas ser respeitada, mas também ser valorizada, já que é na singularidade de cada aluno que o ambiente escolar se transforma. Por isso, é fundamental que a escola valorize as diferenças entre os alunos e promova a inclusão todos os dias através de ações afirmativas.

A comunicação é o caminho

A comunicação entre professores, pais e alunos é fundamental para que a inclusão seja efetiva, já que é a melhor maneira de compreender como cada um desses grupos se sente diante de determinadas situações e, com base nisso, desenvolver metodologias inclusivas nas aulas.

Metodologias inclusivas

Para conseguir, de fato, colocar a educação inclusiva em prática, as escolas devem optar por utilizar metodologias inclusivas em seus planos de ensino. Alguns exemplos são: atividades lúdicas utilizando objetos, atividades cooperativas, sala de aula invertida, aprendizagem baseada em problemas, entre outras coisas.

Capacitação de professores e funcionários

A capacitação de professores e funcionários é um dos aspectos mais importantes para que a educação inclusiva saia do papel e se torne realidade nas escolas. Afinal de contas, é preciso saber como identificar e valorizar a diversidade, como aplicar metodologias inclusivas e manter uma boa comunicação com pais e alunos. Caso contrário, a educação inclusiva será apenas mais uma teoria pedagógica.

Educação inclusiva em Curitiba

Se você está procurando uma escola com boa estrutura e equipe capacitada, que preza pelo ensino dos princípios cristãos e pela educação inclusiva, precisa conhecer a Escola CEC. Entre em contato conosco agora mesmo para saber mais informações, esclarecer dúvidas e agendar uma visita!

A semana de prova pode ser um momento bastante estressante para os alunos e, muitas vezes, a falta de concentração pode ser um aspecto muito prejudicial para o seu desempenho. Pensando nisso, separamos algumas dicas valiosas para ajudar os alunos a manterem a concentração, melhorando seu desempenho acadêmico.

Vale a pena lembrar que cada aluno é único e pode apresentar necessidades específicas, mas essas são algumas dicas gerais que podem ajudar a todos, ou quase todos, os alunos a se concentrarem durante a semana de provas:

Promova um ambiente adequado de estudo

O ambiente de estudo deve ser tranquilo e confortável, livre de distrações e com boa iluminação. Tenha certeza de que as mesas e cadeiras estejam bem ajustadas à altura dos alunos, para que eles possam se concentrar sem sentir dores ou incômodos físicos.

Estimule a prática de exercícios físicos

O exercício físico é uma ótima maneira de aumentar a concentração e reduzir o estresse. Incentive os alunos a praticar atividades físicas leves, como caminhadas e alongamentos, antes ou depois das provas. Se a criança pratica alguma atividade física regular como atividade complementar, é importante que ela se mantenha indo a essas aulas mesmo na semana de provas.

Ofereça alimentos saudáveis e nutritivos

A alimentação adequada é fundamental para o bom funcionamento do cérebro e para manter os alunos concentrados. Ofereça alimentos ricos em vitaminas, minerais e nutrientes, como frutas, verduras, cereais integrais e proteínas magras. Se precisar de ajuda para elaborar cardápios saudáveis e atrativos para as crianças, não exite em procurar ajuda profissional de uma nutricionista.

Estabeleça horários de descanso

Descansar é fundamental para a concentração e o desempenho dos alunos. Estabeleça horários de descanso durante o dia, em que os alunos possam relaxar e recarregar as energias para continuar estudando.

Incentive a organização

A organização é fundamental para reduzir o estresse e manter a concentração. Ajude os alunos a se organizarem, criando um plano de estudos, estabelecendo prioridades e organizando também o material escolar.

Escola em Curitiba

Precisa de uma ajuda mais específica para algum aluno? Então entre em contato conosco agora mesmo!

Já ouviu alguém dizer que é mais fácil aprender quando se é criança? Pois é, essa é uma verdade! A infância é uma fase da vida em que o cérebro está em pleno desenvolvimento e tem uma capacidade incrível de assimilar novos conhecimentos, principalmente quando se trata de línguas estrangeiras.

Estudar inglês na infância traz diversos benefícios, como a ampliação do vocabulário, melhoria na compreensão da gramática, facilidade na comunicação com pessoas de diferentes partes do mundo, além de ser um grande diferencial no mercado de trabalho no futuro. Continue a leitura para saber mais sobre os benefícios de estudar inglês na infância.

Como estudar inglês na infância

O estudo do inglês pode ser feito de maneira lúdica e divertida, através de jogos, músicas, filmes e atividades em grupo. Isso ajuda a despertar o interesse das crianças e torna o aprendizado muito mais prazeroso, além de ser um excelente complemento ao ensino mais tradicional do idioma, que também pode ser utilizado para variar os tipos de aulas.

Desenvolvimento de novas habilidades

Aprender uma nova língua desde cedo ajuda a desenvolver habilidades cognitivas importantes, como a memória, concentração e raciocínio lógico. E o melhor de tudo é que a criança leva essas habilidades para o resto da vida, contribuindo para o seu sucesso acadêmico e profissional.

Conhecimento de novas culturas

Outro benefício bastante importante de se aprender inglês na infância é a oportunidade que se tem de conhecer outras culturas, ampliando os horizontes e possibilitando a formação de novas amizades. Essa é, sem sombra de dúvidas, uma experiência muito enriquecedora, que pode abrir muitas portas para o futuro.

Escola para crianças com aulas de Inglês em Curitiba

A verdade é que hoje em dia, principalmente quando falamos das próximas gerações, o conhecimento de um segundo idioma é muito importante, ainda mais se esse idioma for o inglês, que facilita a comunicação em qualquer lugar do mundo. Por isso, se você tem filhos, netos, sobrinhos ou conhece alguma criança, estimule o estudo do inglês desde cedo. Aqui na Escola CEC, os alunos aprendem inglês desde pequenos, pois sabemos que isso trará muitos benefícios no futuro e ainda pode ser muito divertido. Entre em contato conosco agora mesmo para saber mais informações sobre nossa escola!

Seu filho não gosta de estudar? Saiba o que fazer!

Incentivar as crianças a estudar é uma preocupação comum entre os pais. Se você se encontra nessa situação, saiba que não está sozinho. É crucial começar a abordar essa questão cedo, para que as crianças desenvolvam o hábito de se dedicar aos estudos e cultivem amor e interesse pelo conhecimento.

Por isso, a Escola CEC preparou 05 dicas para te ajudar nesse desafio:

01. Que tal criar um cantinho para estudos?

A primeira dica é criar um ambiente propício para os estudos, com uma mesa e cadeira adequadas, um local tranquilo e iluminado e um horário estabelecido para estudar. É importante também que as crianças tenham acesso fácil a livros interessantes e divertidos, para assim, estimular a leitura e o aprendizado.

02. Torne a rotina de estudos um momento prazeroso

A segunda dica é tornar o estudo uma atividade prazerosa e isso pode ser feito por meio de jogos e brincadeiras envolvendo conhecimento e ludicidade. Um bom exemplo são os jogos de perguntas e respostas, palavras-cruzadas e caça-palavras.

03. Esforços merecem reconhecimento

Nosso terceiro ponto de atenção é para o ato de recompensar o esforço das crianças. Desde os menores atos como elogios ou até grandes demonstrações como presentes ou viagens, o importante é que as crianças percebam que o esforço em estudar traz recompensas e satisfações.

04. Proporcione um ensino de qualidade

A quarta dica é sobre a importância de oferecer recursos de qualidade para o ensino dos pequenos. Nisso, estão inclusos professores capacitados, escolas com boa infraestrutura e material didático adequado. Bem como, uma educação diversificada, constituída não apenas por disciplinas tradicionais, mas também como artes, esporte e tecnologia.

05. Pais, se envolvam no processo de ensino!

Nossa última dica é sobre o envolvimento no ensino dos seus filhos. Converse e pergunte sobre o que eles estão aprendendo na escola, participe de projetos escolares e acompanhe as notas e os trabalhos. Estimule a ler e a buscar conhecimento fora da escola, como visitas a museus, parques e bibliotecas.

Incentivar os estudas para as crianças é uma tarefa que exige esforço e dedicação por parte dos pais, mas que no futuro será algo extremamente recompensador. E nesta caminhada você pode contar totalmente com a Escola CEC, entre em contato agora mesmo!

Voltar para a escola é uma ótima oportunidade para iniciar novos hábitos com as crianças. A rotina escolar proporciona uma estrutura diária que pode ajudar os pequenos a desenvolver hábitos saudáveis e a se tornarem mais independentes.

Por isso, a Escola CEC preparou algumas dicas de como dar início a essa missão. Confira já!

01. Estabeleça metas e objetivos realistas:

Um dos primeiros passos para iniciar novos hábitos é estabelecer metas e objetivos que de fato sejam realistas para as crianças. Isso pode incluir metas como acordar cedo, se arrumar sozinha, fazer pequenas tarefas domésticas, ler por 30 minutos ao dia, dentre muitas outras. É importante que as metas sejam específicas, mensuráveis e, principalmente, alcançáveis, para que as crianças possam se sentir motivadas e alcançar o sucesso.

02. Estabeleça uma rotina:

Outro passo fundamental é estabelecer uma rotina diária. Nisso, inclui-se determinar horários para a realização das metas, para fazer as tarefas de casa, brincar, dormir e afins. A rotina diária dá às crianças uma sensação de estabilidade e de segurança, além de ajudar a desenvolver a disciplina e organização.

É importante envolver os pequenos no processo de estabelecimento de metas e rotina diária. Isso os ajuda a aumentar a motivação e o engajamento, bem como, sua autodeterminação. Dessa forma, as crianças se tornam mais propensas a seguir as regras e tarefas que foram alinhadas.

Além disso, para as crianças o exemplo é tudo. Se os adultos mostrarem bons hábitos, elas serão mais propensas a adotá-los também. Assim como feedbacks positivos podem ser uma boa prática de incentivo.

E por fim, o maior desafio talvez seja manter-se paciente e compreensivo, uma vez que, iniciar novos hábitos pode ser um pouco mais difícil do que você espera e que as crianças podem precisar de tempo para se adaptar. Mas com amor e perseverança tudo ocorre muito bem!

Diante de acontecimentos novos, a ansiedade é uma emoção muito normal e as crianças não estão isentas disso. Entretanto, você sabe em qual momento ela deve se torna um motivo de preocupação e o que fazer diante disso? Acompanhe o conteúdo que a Escola CEC preparou e entenda mais sobre essa questão:

Quais são os sintomas de ansiedade na infância?

Diferentemente dos adultos, os pequenos levam mais tempo para processar uma mudança ou acontecimento e por isso, precisam de um período maior para internalizar, interpretar e se adaptar à nova condição a que foram expostas. E com isso, a manifestação da ansiedade pode ser instantânea, levar dias ou até meses.

Dentre os sintomas mais frequentes de ansiedade na infância, podem ser destacados:

• Oscilações de humor;
• Tonturas;
• Medos e/ou preocupações em excesso;
• Dificuldades para pegar no sono;
• Pesadelos recorrentes;
• Alterações no apetite;
• Queda no rendimento escolar;
• Desmotivação;
• Enxaquecas ou dores inexplicáveis;
• Irritabilidade ou apatia;
• Isolamento social.

Como lidar com a ansiedade na infância?

Considerando que a ansiedade pode evoluir para casos de depressão ou se manifestar em episódios com gravidade, um dos primeiros passos a ser tomado é procurar tratamento com profissionais especializados. O diagnóstico precoce é sempre a melhor opção e pode evitar que sejam geradas repercussões negativas para a criança ao longo da vida.

Além disso, é importante ressaltar que os pais têm o papel de estabilizadores emocionais, ou seja, são seu porto seguro. E para estarem preparados para enfrentar situações como essa, seguem algumas dicas que farão muita diferença em momentos de crise:

• Permaneça com seu filho nesse momento de crise;
• Valide as emoções e sentimentos da criança;
• Evite contato físico de imediato, primeiro observe o comportamento que a criança está apresentando para entender o melhor momento para se aproximar;
• Demonstre que está ali apenas para ajudá-lo;
• Faça exercícios de respiração para que o pequeno copie e peça que mantenha contato visual durante esse processo;
• Tire de perto qualquer brinquedo que possa machucar;
• O distraia com perguntas sobre como estava sendo o dia, o que ele deseja comer ou que brincadeira podem começar.

Estamos nos últimos meses do ano de 2022 e nessa época do ano é o momento em que boa parte das pessoas começa a se preparar para a chegada do novo ano, fazendo planos para todas as áreas da vida e traçando estratégias para o cumprimento desses planos. Nessa fase de planejamento, uma das questões que pode surgir é a escolha da escola ideal para matricular seu filho, e é fundamental que essa decisão seja tomada com muita cautela, afinal de contas, a escola cumpre um papel bastante importante na formação completa dos indivíduos.

Escola Cristã em Curitiba

Se você entende que optar por uma escola cristã é importante para o desenvolvimento do seu filho e tranquilidade de sua família, confira os passos de como realizar a matrícula com sucesso em nossa Escola Cristã:

Agendamento de visita

O primeiro passo para realizar a matrícula do seu filho em nossa escola é o agendamento de visita presencial, que pode ser realizado através do site, via telefone ou até mesmo presencialmente. Essa visita é muito importante para que você possa nos conhecer melhor, compreender nossa abordagem pedagógica e educação transformadora, que visa formar os cidadãos que este mundo precisa.

Visitando a escola

Depois de realizado o agendamento, nos encontraremos aqui na escola para apresentar nosso espaço e toda sua infraestrutura, além de explicar sobre o compromisso que assumimos com nossos alunos e suas famílias. Uma vez que nossa escola seja a escolhida, damos início ao processo de matrícula.

Início do processo de matrícula

O processo se inicia com o preenchimento de dados para emissão do contrato, seguido pelo envio do primeiro boleto. Depois que o contrato é firmado, partimos para a 4ª etapa, a confirmação de matrícula.

Confirmação de matrícula

Para confirmar a realização da matrícula do seu filho em nossa escola, é necessário que o pagamento do primeiro boleto seja efetuado e que toda a documentação necessária, seja apresentada, liberando acesso ao portal do aluno e do responsável.

Para saber mais informações sobre como matricular seu filho em nossa escola, esclarecer dúvidas e/ou agendar sua visita presencial, entre em contato conosco!

Para semear a fé durante a infância de nossos pequenos, é importante ter em mente que isso só acontece conforme avançamos também em nossa própria fé. Mas você sabe o porquê isso é tão importante? Continue acompanhando o conteúdo para conhecer mais sobre esse tema!

Desde pequeno que se aprende

Acreditar é algo que tem dimensões estratosféricas na vida de qualquer indivíduo e, principalmente, na construção de seu caráter. Acreditar em Deus, ou que tudo no final dará certo ou então em um anjo da guarda, que o dia seguinte vai ser melhor, que se pode confiar nas pessoas, que é possível vencer… Todos esses são apenas exemplos de que o sistema de crenças internas em que uma pessoa tende a se basear no decorrer de sua existência e que conferem a ela conforto, segurança e confiança. Constituindo, dessa maneira, o que é denominado como espiritualidade. E que quando é estimulada e posta em prática, tende a tornar os pequeninos mais felizes, forte e autoconfiantes.

Como semear a fé na infância?

Conduzir as crianças a encontros pessoais com Deus é realmente um desafio grande, mas sem dúvidas, um dos mais recompensadores. Pois essa é uma jornada que se torna uma doce esperança em um mundo melhor.

Ser testemunho e exemplo da Palavra de Deus é o primeiro passo para despertar o interesse das crianças. Atos como ensinar a pedir a benção dos pais e dos mais velhos, frequentar a igreja, incentivar a caridade e ensiná-la a orar são pequenos passos, mas que irão render muitos frutos.

Além disso, estimule também a leitura de historinhas bíblicas, começando por livros lúdicos e inserindo na rotina gradualmente a Bíblia, bem como, conte essas histórias antes de dormir ou em momentos do dia-a-dia. Ou ainda, podem ser também assistidas nas mais diversas plataformas, existem muitos recursos a serem explorados.

Outra dica é inserir as crianças no convívio de pessoas que falam sobre Deus, em ambientes como escolas bíblicas ou, então, na catequese. É interessante também visitar familiares, parentes ou amigos desse círculo, para que cada vez mais os pequenos se habituem com as maravilhas do Senhor.

Ainda, é importante educar na e pela fé. Impor limites, ensinar regras, mostrar o caminho do bem e ensinar como o mal deve ser evitado. Várias são as passagens bíblicas onde se confirma que essa é a vontade de Deus em relação às crianças e são várias também que podem despertar o entusiasmo e a curiosidade.

Por fim, optar por uma instituição de ensino que prega esses valores é uma ótima opção, pois será um ambiente de desenvolvimento e fomento constante da fé.

Acompanhe nossas mídias sociais
desenvolvido com coração por evonline Escola Cristã CEC © 2024