Fale conosco:
41 3779-2014

Os 7 princípios bíblicos: você sabe quais são?

5 de janeiro de 2022
Compartilhar artigo:

Assim como existem leis universais que governam o mundo da natureza, existem princípios básicos que governam nossas vidas e relacionamentos pessoais. Esses 7 princípios bíblicos se aplicam a todas as pessoas, independentemente de cultura, origem, religião, idade, educação ou posição social.

A compreensão desses princípios pode trazer insights sobre as sequências de causa e efeito da vida. Consequentemente, os indivíduos podem se preparar para fazer escolhas sábias e evitar o fracasso.

Neste artigo, a Escola CEC vai apresentar os 7 princípios bíblicos que seguimos na educação dos alunos.

1. Caráter

São as características de cada pessoa, incluindo suas qualidades, fraquezas e hábitos. Dessa maneira, todas as pessoas têm caráter. O que importa é saber se esse caráter é bom ou mau. A bíblia nos diz que Deus fez o homem à sua imagem e semelhança e o presenteando com um caráter essencialmente virtuoso.

2. Mordomia

Mordomia não está relacionada a luxo ou extravagância, mas à nossa capacidade de zelar e cuidar de tudo aquilo que temos, sejam coisas materiais ou não. Pense um pouco em quantas coisas você possui e que precisa zelar: um nome, um corpo, uma mente, uma casa, uma família, um emprego, amigos, valores, sonhos, desejos, etc. São muitas as coisas que Deus te concedeu.

3. Semeadura e colheita

Devemos seguir o exemplo da semente que é plantada e cresce em solo fértil. Pensar em como podemos tornar mais férteis os diferentes campos da nossa vida. E sempre lembrar que frutos precisam do tempo da natureza para amadurecerem até que possam ser colhidos.

4. Autogoverno

Podemos ler na bíblia que Deus presenteou o humano com razão e racionalidade, bem como outros instintos: de sobrevivência, de alimentação, de reprodução etc). Dessa maneira, entendemos que o homem possui o chamado autogoverno, ou seja, a capacidade de governar a si mesmo e de ser responsável por suas próprias ações.

5. Soberania

Com o autogoverno, Deus deu a nós a liberdade e a responsabilidade de se responsabilizar por suas próprias ações. Por outro lado, Deus também conferiu ao homem o princípio da soberania. Afinal, o homem é o único animal racional e, dessa maneira, passou a ser o responsável pela criação divina.

6. Individualidade

Da mesma maneira que cada órgão tem uma função específica no corpo, cada indivíduo vem ao mundo com uma razão específica para existir. Isso explica porque as pessoas têm diferentes talentos, conhecimentos, competências, personalidades e propósitos de vida.

7. Aliança

Precisamos lembrar que mesmo que cada indivíduo seja único, o homem é um ser social. A gente depende uns dos outros e precisamos do convívio com os nossos semelhantes. Por isso, as diferentes áreas da vida acontecem através de relações: em família, em casamentos, em círculos de amizade, em escolas, em empresas, em comunidades de vizinhos, etc.

Gostou desse artigo? Então compartilhe com alguém que você gosta e que deseja que conheça os 7 princípios bíblicos, assim como você fez agora.

Compartilhar artigo:

Artigos recentes do nosso blog

18 de junho de 2024
Como ensinar matemática para crianças de forma divertida

Ensinar matemática para crianças pode ser um desafio, mas transformar o aprendizado em uma experiência divertida é o que faz toda a diferença. Com a abordagem certa, a matemática pode deixar de ser uma matéria temida e se tornar uma aventura emocionante para os alunos. Continue a leitura para saber algumas estratégias para ensinar matemática […]

16 de abril de 2024
O que podemos fazer para promover a saúde mental na escola?

A saúde mental dos alunos é uma parte essencial do seu bem-estar geral e do seu sucesso acadêmico. No entanto, muitas vezes é negligenciada no ambiente escolar. Promover a saúde mental na escola não é apenas uma responsabilidade, mas também uma oportunidade para criar um ambiente de aprendizado mais positivo e produtivo, já que esse […]

27 de março de 2024
Conheça as cinco solas da reforma protestante

No coração da fé cristã protestante, encontramos os princípios essenciais da Reforma do século XVI. Conhecidos como as "Cinco Solas", esses pilares representam os alicerces da teologia reformada e continuam a guiar milhões de cristãos em todo o mundo. Vamos explorar cada um deles: 1. Sola Scriptura (Somente a Escritura) Este princípio afirma que a […]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

24 comments on “Os 7 princípios bíblicos: você sabe quais são?”

  1. Realmente se o.ser humano não conseguir seguir pelomenos 7 princípios ele ficará sem condições humana para viver em comunidade e se entender a ele mesmo .pois viver é princípio.

  2. Olá Aline gostei muito do seu artigo, gostaria de acrescentar mais um detalhe que vc poderia instruir muitas pessoas, aquelas que estão lá em situação difícil, melhor esclarecendo no fundo do poço, a sair e se levantar conforme direção bíblica.
    Deus Abençoe.

  3. Ótimo artigo, edificante!!
    Realmente, precisamos ter conhecimento nas escrituras, em síntese,dentro do proposto, os 7 Princípios Bíblicos,nos remete a compreensão dentro das nossas decisões, que possamos ser mais assertivos, para não colhermos frustrações como consequências.

  4. Caráter (Gn 1:26 / I PE 1:16);

    Mordomia (Gn 2:15);

    Semear e colher (Gn 2:16, 17 / Gl 6:7);

    Autogoverno (PV 25:28 / Gn 4:7);

    Soberania (Ex 15:18);

    Individualidade (Gn 2:20 / Rm 12:4-5);

    União/Aliança (Rm 12:4-5)

    Caráter (Gn 1:26 / I PE 1:16);
    Maravilhoso e edificante 🙏

  5. Esses 7 princípios são sem dúvidas relevantes e fundamental; mas creio que não devemos nos prender somente a esses, pois há outros princípios. Paz e graça de Cristo

Acompanhe nossas mídias sociais
desenvolvido com coração por evonline Escola Cristã CEC © 2024