Fale conosco:
41 3779-2014

Ansiedade na infância: saiba quais são os sintomas e como lidar!

7 de dezembro de 2022
Compartilhar artigo:

Diante de acontecimentos novos, a ansiedade é uma emoção muito normal e as crianças não estão isentas disso. Entretanto, você sabe em qual momento ela deve se torna um motivo de preocupação e o que fazer diante disso? Acompanhe o conteúdo que a Escola CEC preparou e entenda mais sobre essa questão:

Quais são os sintomas de ansiedade na infância?

Diferentemente dos adultos, os pequenos levam mais tempo para processar uma mudança ou acontecimento e por isso, precisam de um período maior para internalizar, interpretar e se adaptar à nova condição a que foram expostas. E com isso, a manifestação da ansiedade pode ser instantânea, levar dias ou até meses.

Dentre os sintomas mais frequentes de ansiedade na infância, podem ser destacados:

• Oscilações de humor;
• Tonturas;
• Medos e/ou preocupações em excesso;
• Dificuldades para pegar no sono;
• Pesadelos recorrentes;
• Alterações no apetite;
• Queda no rendimento escolar;
• Desmotivação;
• Enxaquecas ou dores inexplicáveis;
• Irritabilidade ou apatia;
• Isolamento social.

Como lidar com a ansiedade na infância?

Considerando que a ansiedade pode evoluir para casos de depressão ou se manifestar em episódios com gravidade, um dos primeiros passos a ser tomado é procurar tratamento com profissionais especializados. O diagnóstico precoce é sempre a melhor opção e pode evitar que sejam geradas repercussões negativas para a criança ao longo da vida.

Além disso, é importante ressaltar que os pais têm o papel de estabilizadores emocionais, ou seja, são seu porto seguro. E para estarem preparados para enfrentar situações como essa, seguem algumas dicas que farão muita diferença em momentos de crise:

• Permaneça com seu filho nesse momento de crise;
• Valide as emoções e sentimentos da criança;
• Evite contato físico de imediato, primeiro observe o comportamento que a criança está apresentando para entender o melhor momento para se aproximar;
• Demonstre que está ali apenas para ajudá-lo;
• Faça exercícios de respiração para que o pequeno copie e peça que mantenha contato visual durante esse processo;
• Tire de perto qualquer brinquedo que possa machucar;
• O distraia com perguntas sobre como estava sendo o dia, o que ele deseja comer ou que brincadeira podem começar.

Compartilhar artigo:

Artigos recentes do nosso blog

18 de junho de 2024
Como ensinar matemática para crianças de forma divertida

Ensinar matemática para crianças pode ser um desafio, mas transformar o aprendizado em uma experiência divertida é o que faz toda a diferença. Com a abordagem certa, a matemática pode deixar de ser uma matéria temida e se tornar uma aventura emocionante para os alunos. Continue a leitura para saber algumas estratégias para ensinar matemática […]

16 de abril de 2024
O que podemos fazer para promover a saúde mental na escola?

A saúde mental dos alunos é uma parte essencial do seu bem-estar geral e do seu sucesso acadêmico. No entanto, muitas vezes é negligenciada no ambiente escolar. Promover a saúde mental na escola não é apenas uma responsabilidade, mas também uma oportunidade para criar um ambiente de aprendizado mais positivo e produtivo, já que esse […]

27 de março de 2024
Conheça as cinco solas da reforma protestante

No coração da fé cristã protestante, encontramos os princípios essenciais da Reforma do século XVI. Conhecidos como as "Cinco Solas", esses pilares representam os alicerces da teologia reformada e continuam a guiar milhões de cristãos em todo o mundo. Vamos explorar cada um deles: 1. Sola Scriptura (Somente a Escritura) Este princípio afirma que a […]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acompanhe nossas mídias sociais
desenvolvido com coração por evonline Escola Cristã CEC © 2024